O Washington Post revela documentos com declarações confirmando o fracasso da guerra do Afeganistão 

Novos documentos obtidos pelo jornal Washington Post revelaram uma forma flagrante de erro e fracasso no esforço americano de acalmar e reconstruir o Afeganistão.

O jornal afirmou em uma longa reportagem que os documentos, consistindo de milhares de páginas, que tratavam da guerra no Afeganistão em detalhes, revelavam claramente defeitos e falhas catastróficas das forças americanas, nas palavras de importantes autoridades americanas que haviam declarado anteriormente que a missão foi bem sucedida.

O relatório acrescentou que os documentos mostraram que, após uma rápida e rápida vitória militar dos EUA sobre o terror do Taliban e da Al-Qaeda no início de 2002, e com o foco do Pentágono voltado para o Iraque, o esforço das forças americanas no Afeganistão ficou desorganizado, conforme um pequeno número de forças americanas realizou uma missão pouco clara. Desde 2001, mais de 2.200 soldados americanos foram mortos no Afeganistão, juntamente com centenas de membros de países aliados que contribuíram com tropas para a guerra. A guerra custou aos Estados Unidos quase US $ 1 trilhão.

5 visualizações
  • Twitter Clean
  • w-facebook
  • w-youtube
  • w-flickr