• Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Follow Us
Search By Tags
Please reload

Recent Posts

Imamato e o Oitavo Imam Ali Al-Reda (as)

July 24, 2018

1/10
Please reload

Featured Posts

Hajj - A peregrinação

August 29, 2017

Alguém perguntou ao Imam Baqir (A.S.): “Por que o Hajj foi denominado “O Hajj da Casa de Deus”? “O Imam disse: Significa que o peregrino conseguiu a salvação”.

 

Imam Ali ibn Hussain, Zainul Abedin (A.S.) disse: “Execute o Hajj e os rituais Umrah para estarem seguros e sólidos, fazer a sua família e a ti viver melhor”.

 

Imam Ali ibn Hussain Zainul Abedin (A.S.) disse: “O peregrino da Casa de Deus será desculpado, e ele tem o direito de ir para o paraíso, e a sua família e posses estarão seguras e imunes”.

 

 

Abdullah Ibn Fazl disse: “Eu disse ao Imam Sadiq (A.S.) que tenho demasiadas dívidas, tenho uma grande família e não posso ir ao Hajj”. Ensine-me uma oração. O Imam afirmou: Diga depois de cada oração obrigatória: “Ó Deus nosso, abençoe Mohamed e sua progênie, e pague as minhas dívidas neste mundo e no outro”. Eu disse-lhe: “Conheço as dívidas mundanas, quais são as dívidas da outra vida”? Ele disse: “Hajj”.

 

Imam Baqir (A.S.) disse: “Todos que concluem uma recitação do Alcorão Sagrado em Makkah não morrerão a menos que vejam o Profeta (S.A.A.S.) e o seu próprio lugar no paraíso”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Os melhores modos de rezar para Deus incluem o silêncio e ir à Sua Casa”.

 

Imam Baqir (A.S.) disse: “Deus não aceita o Hajj e a Umrah cujos preços foram pagos pela propriedade de meios ilegais (religiosamente proibidos)”.

 

Foi narrado de Isaac Ibn Ammar que o Imam Sadiq (A.S.) disse: “Ó Isaac, todos que vão a Casa de Deus e a circundam, Deus escreve 1000 bons feitos para eles, desaparecem 1000 dos seus pecados, e lhes são dadas 1000 recompensas, 1000 árvores para eles no Paraíso, lhes é dada misericórdia e a recompensa semelhante a libertar 1000 escravos. Quando ele consegue “Moltazem”, 8 portas do paraíso se abrem e dizem-lhe: “Entre pela porta que desejar”. Isaac disse: “Eu perguntei ao Imam se tudo isso é dado às pessoas somente por circundar a Casa de Deus.” O Imam afirmou: “Sim. Deseja que eu lhe ensine uma recompensa maior?” Eu disse: “Por Favor, ensine-me”. Ele disse: “Todos que fazem algo para seus irmãos fiéis, Deus lhes dará a recompensa de 10 circundações”. Imam Baqir (A.S.) disse: “Uma oração no Masjid-al-Haram é 100.000 vezes mais valiosas do que uma oração em qualquer outra mesquita”.

Imam Sadiq (A.S.) disse: “O lugar mais favorável de oração para Deus é em Saay. (Que é um lugar sagrado em Makkah). Lá cada pessoa que é teimosa e orgulhosa fica meiga”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse a Ibn-Abi-Yafour: “Reze muito na mesquita do Profeta, pois rezar nesta mesquita é igual à rezar 1000 orações em outras mesquitas, exceto na Masjid-al-Haram, pois as orações nesta mesquita são iguais a 1000 orações na mesquita do Profeta”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Visitar um peregrino Hajj e apertar a sua mão é como tocar a Hajar-ol-Asvad”.

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Quanto a “Ramye-Jamarat”, com cada pedra que um Haji lança em Jamarat um grande pecado fatal é apagado de sua alma”.

 

Imam Ali ibn Hussain (A.S.) disse: Quando o Haji sacrifica no deserto de Mina (que é um lugar perto de Makkah), os seus sacrifícios são o valor da sua liberdade do fogo do Dia de Ressurreição”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Cada um de vocês executem o Hajj e terminem-o com a peregrinação para Madinah, tal peregrinação é o sinal da realização do Hajj”.

 

Imam Sajjad (A.S.) disse: “Uma pessoa que aceita a responsabilidade pela família e os assuntos financeiros do Haji tem a mesma recompensa que um Haji. É o mesmo que executar o próprio Hajj”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “A Religião estará viva contanto que a Kaaba esteja vivendo”.

 

Imam Baqir (A.S.) disse: “Respeite as pessoas que executaram o Hajj e a Umrah, porque você é obrigado a respeitá-los”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “As pessoas que realizam o Hajj e a Umrah, Deus as concederá tudo que elas queiram. Se elas rezarem ele aceitará, se elas intercederem Ele aceitará e se eles permanecerem silenciosas Ele mesmo começa a dar-lhes generosamente o Seu favor e cada dirham, Ele os concederá milhares de dirhans”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “Os peregrinos quem voltam da Casa de Deus aparecem em três categorias: Um grupo é daqueles que são livres do fogo do Inferno. Um grupo que é purificado dos seus pecados como se eles tivessem nascido novamente. O terceiro grupo é o do povo que volta com a garantia das suas famílias e propriedades, e este é o Haji menor”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “Quando você decide ir ao Hajj liberte o seu coração de algo que pode mantê-lo longe de Deus”.

 

O Profeta Sagrado de Islam (S.A.A.S.) disse: “Em 4 ocasiões as portas dos céus são abertas e as orações serão aceitas; na ocasião da coincidência das linhas de lutadores na causa de Deus, quando chove, no tempo de levantar para as orações e no momento de ver a grande Kaaba”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “Enquanto uma pessoa está vendo a Kaaba ela recebe recompensas e os seus pecados são desculpados”.

 

Imam Baqir (A.S.) disse: “Há três coisas que são encabeçadas por Deus. O seu livro, que é a sua ordem e luz. A sua Casa que é a Qiblah (direção à qual os muçulmanos viram para reza) e Ele somente aceita a atenção a esta direção e o Etrat (que é a casa do Profeta do Islam)”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “Deus forneceu 120 tipos de bênçãos em volta de Kaaba, 60 dessas bênçãos serão dadas ao circundar, 40 delas a orações e 20 dessas bênçãos serão para as pessoas que vêem a Kaaba”.

 

Quanto a visita a Arafat, Imam Baqir (A.S) disse: “Nenhuma pessoa, boa ou má, deixa a montanha do Arafat sem que Deus aceite as suas orações; A bênção pura dos assuntos mundanos e assuntos da vida após a morte serão aceitos mas as orações más serão aceitas somente para os assuntos mundanos”.

Um homem perguntou ao Imam Sadiq (A.S). Na Masjid-ul- Haram quem comete os pecados maiores? O Imam disse: “Alguém que se instala em Arafat e Mashar, e ele faz a cerimônia de Saay entre as montanhas de Safa e Marveh, e a circundação em volta da Casa de Deus, então ele reza atrás do Maghame Ibrahim (A.S.), mas duvida se Deus lhe desculpa ou não. Esta pessoa comete o pecado maior”.

 

Imam Hussain ibn Ali (A.S) disse: “Aperte a mão dos peregrinos e daqueles que executaram os rituais Hajj e Umrah e os saúde antes de que eles façam algum pecado”.

 

Muhammad ibn Sannan citou num provérbio que uma vez Imam Reza (A.S) escreveu-lhe, “A razão por que Mina (um lugar perto de Makkah) foi denominado Mina é que Gabriel (um grande anjo) disse ao Profeta Ibrahim (A.S.) neste lugar: Peça á Deus tudo o que você deseja”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “O Haji terá a luz e o ar do Hajj enquanto ele não comete um pecado”.

O Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) disse: “A recompensa do Hajj é o Paraíso e a indenização de qualquer pecado é a Umrah”

.

O Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) disse: “Há algumas espécies de pecados que são desculpados somente em Arafat”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “O Encontro Freqüente entre Safa e Marwah é um meio de subestimar os tiranos”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “Ver a Kaaba é um ato de adoração”.

 

Imam Ali (A.S) disse: “Não abandone os rituais do Hajj porque você será punido”.

 

O Profeta de Deus (S.A.A.S.) disse ao Imam Ali (A.S): “Ó Ali, alguém que é capaz de fazer Hajj mas evita de fazê-lo é um grande pecador”.

 

 

 

O Mensageiro de Deus disse ao Imam Ali (A.S): “Ó Ali, alguém que pospõe os rituais de Hajj até que ele morra, Deus lhe enviará como judeu ou cristão durante o Dia da Ressurreição”.

 

Imam Sadiq (A.S) disse: “Se as pessoas abandonarem o Hajj desta Casa, elas serão imediatamente punidas”.

 

O Profeta de Islam (S.A.A.S.) disse: “Os lutadores no caminho de Deus, os peregrinos (Hajj) e aqueles que fazem a Umrah são hóspedes convidados por Deus”.

 

O Profeta Sagrado de Deus (S.A.A.S.) disse: “O Hajj parece-se com a Guerra Santa (que é a guerra Sagrada no caminho de Deus)”.

 

Foi narrado do Profeta Sagrado do Islam que ele disse: “Que Guerra Santa dos Mulçumanos bonita é o Hajj”.

 

Imam Ali (A.S.) disse: “Quatro lugares celestes existem na terra: Masjid-ul-Haram, a mesquita do Profeta, a mesquita de Bayt-al-Muqaddas e a mesquita de Kufah”.

 

O Profeta Sagrado de Deus (S.A.A.S.) disse: “Execute o Hajj para ser independente”.

 

O Mensageiro Sagrado de Deus (S.A.A.S.) disse: “O apoio da prosperidade da viagem ao Hajj parece-se com o apoio no caminho de Deus, e Deus o recompensará 100 vezes mais”.

 

O Profeta Sagrado de Islam (S.A.A.S.) disse: “Se alguém der o Eftar (que é uma refeição comida depois do jejum) a qualquer jejuador ou o envia a um muçulmano no Hajj, ou mobiliza um lutador ou aceita a responsabilidade da sua família, ele tem direito a semelhante recompensa espiritual”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “A entrada na Kaaba parece-se com estabelecer a Clemência de Deus”.


O grande Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) disse: “Deus desculpa um peregrino (Haji) e seja quem for que peça perdão”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Deus é o fiador de alguém que vai ao Hajj. Se Deus quiser que ele esteja vivo, ele voltará à sua família e se Deus adquirir a sua vida, ele entrará no Paraíso”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Quando um Haji entra em Makkah, Deus põe dois anjos para guardar a sua oração, Saay e o circundar da Kaaba. Quando ele está no Arafah, eles batem no seu ombro direito e dizem: “não fique importunado pelo passado, veja o que você fará no futuro””.

 

Imam Ali (A.S.) disse: “Quem vai ao Hajj e ao Umrah está indo de fato a Deus e Deus honra os seus hóspedes e desculpa-os”.

 

O grande Profeta de Islam (S.A.A.S.) disse: “Os lutadores no caminho de Deus e as pessoas que executam o Hajj e o Umrah são hóspedes de Deus. Deus convida-os e eles aceitam, e se eles suplicam a Deus, Deus os concederá.

 

O grande Profeta do Islam disse: “Três grupos vão em direção a Deus: os Lutadores, as pessoas que executam o Hajj e as pessoas que executam a Umrah”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Um Hajj é melhor do que o mundo e tudo que está nele e uma oração obrigatória é melhor do que 1000 Hajjs”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Nenhum ato é melhor do que o Hajj exceto a Guerra Santa e martírio no caminho de Deus”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Não há nada melhor do que Hajj exceto a oração diária”.

 

O grande Profeta do Islam disse: “O Paraíso é a recompensa de um Hajj aceito”.

 

O grande Profeta de Deus (S.A.A.S.) foi perguntado: “Qual é o melhor trabalho?” Ele disse: Fé em Deus, Guerra Santa no caminho de Deus e um Hajj aceito”.

 

O grande Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) disse: “O Hajj é uma Guerra Santa menor”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Uma oração obrigatória é melhor do que ir ao Hajj 20 vezes, e ir ao Hajj é melhor do que uma Casa cheia de ouro que é entregue como doação e esmola”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Um Hajj é melhor do que soltar 70 escravos”.

 

Imam Baqir (A.S.) disse: “O Hajj e o Umrah são dois bazares na outra vida. A pessoa que faz o Hajj e o Umrah muitas vezes é hóspede de Deus. Se Deus a guardar vivo, ela é protegida e desculpada, e se Deus adquirir a sua vida, ele entrará no Paraíso”.

 

Imam Reza (A.S.) disse: “O Hajj e o Umrah apagam os pecados e a pobreza da mesma como um forno apaga a impureza do Ferro”.

 

Imam Baqir (A.S.) disse: “Há três coisas que as suas recompensas espirituais incluem tanto na vida após a morte como neste mundo: Hajj; que apaga a pobreza, esmola; que retira a pobreza, e a bondade; que faz a vida ser mais longa”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Um Haji nunca fica pobre”.

 

O grande Profeta de Deus (S.A.A.S.) disse: “Viagem para ter um corpo sadio, façam a Guerra Santa para ganhar a pilhagem e façam o Hajj para serem independentes”.

 

O Profeta de Deus (S.A.A.S.) disse: “Quem quer ir ao Hajj deve apressar-se”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Se alguém puder ir ao Hajj mas ele pospõe-no sem qualquer desculpa lógica até que ele morra, ele violou uma das injunções do Islam”.

 

O grande Profeta de Deus (S.A.A.S.) foi citado num provérbio: “Alguém que não executa os seus rituais Hajj obrigatórios sem nenhuma doença severa ou necessidade essencial ou nenhuma outra razão até que ele morra, ele morreu como um judeu ou cristão”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse a Isa, filho de Abi Mansour: “Isa, se você pode comer o pão e o sal e ir a Hajj, faça-o”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Se alguém executar Hajj duas vezes, ele estará na clemência e abençoando enquanto estiver vivo”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Quem que vai ao Hajj três vezes nunca fica pobre.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Quem vai ao Hajj dez vezes, Deus desculpará todos os seus pecados”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Em cada mês do ano o povo pode ir executar a Umrah, mas o melhor mês é Rajab. (O 7° mês lunar)”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Para Deus Makkah é o lugar mais favorito”.

 

Imam Ali ibn Hussain Zainul Abedin (A.S) disse: “A Alimentação em Makkah parece-se com o jejum em outros lugares e o jejum de um dia em Makkah é igual ao jejum de um ano em outros lugares, e a marcha em Makkah é a própria oração”.

 

Imam Baqir (A.S.) disse: “Alguém que se prostra em Makkah se parece com a pessoa que derrama o seu sangue no caminho do Deus”.

 

O grande Profeta de Deus (S.A.A.S.) disse: “Nenhum dia se parece com dez primeiros dias de Zul-Hajjah (12° mês lunar), quando Deus gosta que as pessoas rezem”.

 

Narrado do grande Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) que disse: “O Toque no Hajar al-Asvad e Rokne Yamani faz desaparecer todos os pecados”.

 

Imam Ali ibn Hussain Zainul Abedin (A.S) disse: “Quando a noite de Arafat e as primeiras horas do dia de Mina vem, Deus apresenta os seus Anjos ao povo que está em Arafat e Mina”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Quando as pessoas descansam em Mina, um proclamador em nome de Deus proclama que, se você desejar a minha satisfação, sou satisfeito”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “O Hajj principal é o dia do sacrifício”.

 

O Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) disse: “O Ramye Jamarat (que é a parte dos rituais Hajj nos quais os peregrinos lançam pedras em satã) será recompensado durante o dia da ressurreição”.

 

Imam Baqir (A.S.) disse: “Se alguém morrer em um desses dois santuários (que é Makkah ou Madinah), ele será marcado sem qualquer medo durante o dia de ressurreição”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Deus gosta de servir a comida e sacrificar ovelhas em Mina”.

 

Imam Sadiq (A.S.) disse: “Quando um homem fiel raspa todo o seu cabelo em Mina e o enterra. Durante o dia da ressurreição, cada cabelo revocará o nome do seu proprietário”.

 

Imam Ali (A.S.) disse: “A água de Zamzam (que é um sagrado bem perto de Kaaba) é a melhor água na terra”.

 

O grande Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) foi narrado um provérbio: “Alguém vai a casa de Deus circundando-a sete vezes e diz duas unidades de orações de trás de Magham (que é um lugar sagrado em Kaaba) e bebe a água de Zamzam, todos os seus pecados serão compensados”.

 

O grande Profeta do Islam (S.A.A.S.) disse: “A bebida da água do Zamzam é uma cura para cada doença”.

Imam Sadiq (A.S.) disse: “As apenas as orações diárias são melhores do que o Hajj”.

 

O grande Profeta do Islam (S.A.A.S.) disse: “Quando você termina os rituais do Hajj, você é tão puro como se você tivesse nascido novamente”.

 

Imam Ali (A.S.) disse na sua vontade que: “Por causa de Deus, é o direito da casa do seu Senhor não ser deixada em paz até que você viva, porque se for deixada em paz, você não suportará a punição de Deus”.

 

Imam Sadiq (A.S.): “Nenhum lugar é mais favorecido por Deus exceto o lugar de correr (Masaa) porque lá qualquer pessoa egoísta ou cruel será humilhada e depreciada”.

 

Imam Sadiq (A.S.) em resposta a Hesham, o filho de Hekam, que perguntou sobre a razão de realizar a cerimônia do Hajj e circundação na Kaaba, respondeu: “Deus criou seres humanos, e ordenou-os obedecer a religião e o que é o melhor para eles neste Hajj, e o fez para o povo do Leste e Oeste do mundo (e para que eles venham a conhecer um ao outro) e para que os comerciantes da cidade aproveitassem. E para que os líderes e os proprietários de camelo ganhassem algo também. E também para que os traços do Mensageiro de Deus fossem conhecidos e as suas palavras não fossem esquecidas. Se cada tribo ou pessoa devessem instalar-se na sua própria cidade ou terra, eles baniriam, e as suas cidades seriam destruídas, eles teriam uma redução financeira, e tudo ficaria no silêncio, esta é a razão verdadeira do Hajj”.

 

Imam Baqir (A.S.): “O Hajj é pacífico para a alma”.

 

Imam Sadiq (A.S.): “Nunca vi nada retirar e substituir a pobreza com a prosperidade tão rápida como ir continuamente a peregrinação à casa de Deus”.

 

Imam Baqir (A.S.): “Ter o Hajj completo parece-se com a reunião com o Imam”.

 

Abdur Rahman o filho de Kosair disse: “Fui a Hajj com o Imam Sadiq (A.S.) e a caminho; a sua excelência seguiu uma alta montanha e viu o povo de lá em cima e disse: há tanta comoção e tão poucos Hajis”.

 

Imam Baqir (A.S.): “Seja quem for que vem à peregrinação a esta casa, ela não é aceita se ele/ela não tiver esses três traços: Autodomínio do pecado, Paciência para controlar a a sua raiva, Trato ao seus companheiros propriamente”.

 

Imam Sadiq (A.S.): “Se alguém for à peregrinação da casa de Deus com o dinheiro religiosamente proibido, e disser, “Oh meu Senhor, estou aqui (Labake) (em Troca) ele ouve: Não, você não está aqui e você não é digno. E se alguém for à peregrinação da casa de Deus com o dinheiro religiosamente legítimo ouvirá: Você está aqui e você é digno”.

 

O Profeta Sagrado Muhammad (S.A.A.S.) disse: “Seja Quem For Que vai ao Hajj com o dinheiro religiosamente proibido, logo diz: estou aqui, oh Deus, estou aqui (Labake Allahomma Labake) responderá: Não, você não está aqui e nenhum Hajj seu deve ser aceito”.

 

Imam Sadiq (A.S.): “Há duas espécies de Hajj: a Realização dos deveres de Hajj de Deus e realização dos deveres de Hajj das pessoas, seja quem for que vai ao Hajj de Deus é recompensado com o paraíso, e seja quem for que vai ao Hajj por causa da pessoas, no Dia de Juízo, a sua recompensa será dada àquele povo”.

 

Imam Sadiq (A.S.): “Seja quem for que morre a caminho de Makkah ou voltando de Makkah será liberto do medo no Dia do Juízo”.

 

Imam Sadiq (A.S.): “Seja quem for que morre usando o traje da peregrinação, ascenderá dizendo que está aqui (Labake)”.

 

Imam Sadiq (A.S.): “O povo perde o seu Imam mas sua Excelência está presente nas cerimônias Hajj, ele vê a gente, mas a gente não o vê.”

 

Tags:

Please reload

  • Twitter Clean
  • w-facebook
  • w-youtube
  • w-flickr