• Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Follow Us
Search By Tags
Please reload

Recent Posts

Imamato e o Oitavo Imam Ali Al-Reda (as)

July 24, 2018

1/10
Please reload

Featured Posts

SONHOS: É POSSÍVEL INTERPRETÁ-LOS?

December 13, 2017

EM NOME DE DEUS, O CLEMENTE, O MISERICORDIOSO.

 

SONHOS: É POSSÍVEL INTERPRETÁ-LOS?

 

Diz Allah, em José/Cap.12 vers.4: “Recorda-te de quando José disse a seu pai: Ó pai, vi, em sonho, onze estrelas, o sol e a lua; os vi prostrando-se ante mim.” Deus Diz a Verdade.

 

Só sonha quem dorme. E para tal, precisará ter sono.

 

 

E o que é o Sono?

 

No sitio do “Mundo Educação”, trata-o como sendo “um estado fisiológico complexo que não pode ser evitado, não é resultado de uma atividade cerebral reduzida, mas sim, um estado de consciência diferenciado. Durante o sono, a pessoa não apresenta movimentos propositais e seus olhos podem estar fechados ou entreabertos. O indivíduo também não apresenta resposta a alguns estímulos auditivos, visuais ou mesmo dolorosos, que deverão possuir maior intensidade para serem percebidos.”

No contexto islâmico, o ato de dormir para alcançar o sono, se divide em quatro formas:

 

1º - Os considerados de comunicação espiritual: dos profetas e mensageiros de Deus;

 

2º - Aqueles que preferem se deitar, voltados à sua direita (decúbito lateral direito): É o sono dos crentes, convictos em sua fé;

 

3º - E aqueles que preferem se deitar, voltados à sua esquerda (decúbito lateral esquerdo): São dos ímpios.

 

4º - O sono de Satã, deitado de bruços (conforme dita o sitio Jornal da Ciência, é a mais prejudicial das posições).

 

Disse o Profeta Mohammad (Que as orações de Deus estejam com ele e com sua imaculada linhagem), “ Texto extraído da coleção Bihar Al-Anwar (Mares de Luzes) vol.58 pag.191:

 

Há três tipos de sonhos:

 

1º - Os emanados por Deus chamados de Ru’yah, que é a Clarividência ou Visão;

 

2º - Pesadelos, induzidos por Satã e

 

3º - Alucinações Visuais, são aqueles que ocorrem em imagens, com freqüências nítidas e rapidamente mutáveis, onde o ser humano tem consciência da natureza imaginária (um mundo não real) de sua vivência que os mantém escondidos no íntimo da memória.

 

Descrição do 1º tipo - Visão

 

As visões são “o funcionamento momentâneo da clarividência. É a que projetou o corpo astral do Profeta Mohammad (saawa= que as orações de Deus recaiam sobre ele e sobre sua purificada linhagem), quando se desprendeu do corpo físico e o transportou de Meca à Sagrada Mesquita em Jerusalém, montado no Barak (mistura de cavalo e asno alado).” Diz Deus, no Cap. 17 A Viagem Noturna, vers. 1: “Glorificado seja Aquele que, durante a noite, transportou o Seu servo, tirando-o da Sagrada Mesquita (em Meca) e levando-o à Mesquita de Alacsa (em Jerusalém), cujo recinto bendizemos, para mostrar-lhe alguns dos Nossos sinais. Sabei que Ele é Oniouvinte, o Onividente.”

 

A Visão no sentido de Clarividência no Sagrado Alcorão, como nos ensina no Cap.17 A Viagem Noturna, Vers.60, Diz Deus: “(...) A visão que te temos mostrado não foi senão uma prova para os humanos, o mesmo que a árvore maldita no Alcorão. (...)”.

 

Também no Cap.48 Vers.27, Diz Deus: “Em verdade, Deus confirmou a visão do Seu Mensageiro: Se Deus quisesse, entraríeis tranqüilos, sem temor, na Sagrada Mesquita; uns com os cabelos raspados, outros com os cabelos cortados, sem medo. Ele sabe o que vós ignorais, e vos concedeu, não obstante isso, um triunfo imediato.”

 

E no Cap. 37 Vers.102, Diz Deus: “(...) Ó filho meu, sonhei que te oferecia em sacrifício; que opinas? (...)”

E também no Cap. 12 Vers. 4 e 5, Diz Deus: “Recorda-te de quando José disse a seu pai: Ó pai, vi, em sonho, onze estrelas, o sol e a lua; vi-os prostrando-se ante mim. Respondeu-lhe: Ó filho meu, não relates teu sonho aos teus irmãos, para que não conspirem astutamente contra ti. (...)”

 

Outro no Cap.12 Vers.36, Diz Deus: “Dois jovens ingressaram com ele na prisão. Um deles disse: Sonhei que estava espremendo uvas. E eu - disse o outro - sonhei que em cima da cabeça levava pão, o qual era picado por pássaros. Explica-nos a interpretação disso, porque te consideramos entre os benfeitores.”

 

E por fim no Cap.12 Vers.43, Diz Deus: “Disse o rei: Sonhei com sete vacas gordas sendo devoradas por sete magras, e com sete espigas verdes e outras sete secas. Ó chefes, interpretai o meu sonho, se sois interpretadores de sonhos.”

 

Descrição do 2º tipo - Pesadelos

 

Disse o Profeta de Deus, Mohammad (saawa = que as orações de Deus recaiam sobre o profeta e sua purificada linhagem), extraído de Sahih, de Muslim Al-Nisaburi:

 

“Caso algum de vocês, ter um sonho triste ou maléfico, e que o faça acordar, volte-se à sua esquerda e cuspa ao chão 3 vezes, dizendo: amparo-me em Deus, contra o assédio do maldito Satã. Ao se levantar, não comente o sonho com ninguém. Esta atitude preservará sua espiritualidade. Aquilo que é prejudicial, deve ser esquecido.”

 

(Nota Explicativa: O ato de cuspir pode ser entendido como a simulação bucal do ato, sem precisar fazer a laringe produzir secreção).

 

Descrição do 3º tipo – Alucinações Visuais

 

O Que Deus nos revela sobre a interpretação dos sonhos?

 

Em José/Cap.12 vers.6, nos Diz: “(...) e (Deus) ensinar-te-á a interpretação das histórias (...)” e no vers.21, nos ensina: “(...) Assim estabilizamos José na terra, e ensinamos-lhes a interpretação das histórias.”

 

Portanto, Deus, Louvado Seja, ensina a quem Lhe apraz, o conhecimento da interpretação dos sonhos.

 

Considera-se que o Imám Ali, (n.600/f.661 EC) 1º sucessor do Profeta Mohammad (que a paz de Deus recaia sobre ambos), seja o precursor dos registros de interpretação dos sonhos, baseados em versículos do Sagrado Alcorão, nas Tradições e Ditos do Profeta. Suas interpretações foram registradas e catalogadas.

 

Uma dúvida pairava no ar e preocupava os intelectuais daquele momento: todos os sonhos nas datas do calendário islâmico, são verdadeiros, são falsos, são invertidos ou se adiam como foi o caso do sonho que o Profeta Mohammad (saawa = que as orações de Deus recaiam sobre ele e sua purificada linhagem) teve em relação ao martírio de seu neto Imám Hussein (Alaihi-Salam), 60 anos antes de ocorrer? 

 

Então, a partir do surgimento do 6º sucessor linear, Imám Jaafar As-Sadeq (a.s.) nascido em 702/ e falecido em 765 EC, que este conhecimento tomou um novo desdobramento, com a inclusão de dias específicos do calendário lunar islâmico, inspiradas por Deus e que hoje, são a mola mestra para a correta interpretação dos sonhos.  

 

Hoje, estes estudos estão compostos no Livro Tafsir Al-Ahlám (Interpretação dos Sonhos) – Narrativas do Imám Ali e dos Ahlul Bayt (Alaihi Salam = que a paz de Deus esteja com eles). Publicado pela Editora Al-Aalami – Libano.

                                                                                                   

FIM DA PRIMEIRA PARTE.

 

Fontes Consultadas:

Sites: Arresala.org.br, mundoeducação.bol.uol.com.br, Jornal da Ciência, Livro Tafsir Al-Ahlám (Interpretação dos Sonhos) – Narrativas do Imám Ali e dos Ahlul Bayt (a.s.). Publicado pela Editora Al-Aalami – Beirute – Libano.

 

Apresentação: Ahmad Safatli – Centro Cultural Islâmico Mohammad – Profeta de Deus, em Angra dos Reis, sul do estado do RJ.

 

Que Allah nos recompense pela divulgação do Islam.

 

 

Tags:

Please reload

  • Twitter Clean
  • w-facebook
  • w-youtube
  • w-flickr