• Facebook Social Icon

QUEM SOMOS

O Observatório Xiita de Direitos Humanos (OXDIH) , criado em 2016, é a primeira organização independente no Brasil dedicada a proteger os direitos dos muçulmanos xiitas em território nacional. O OXDIH é uma entidade de pesquisa não-governamental sem fins lucrativos formada por um grupo multidisciplinar com sede no Rio de Janeiro - Brasil. 

 

O Observatório visa chamar a atenção sobre a violação dos direitos humanos dos muçulmanos xiitas com o objetivo de dar voz aos oprimidos e responsabilizar os opressores por suas violações. 

 

OXDIH alcança seus objetivos por meio de investigações estratégicas apoiadas por uma advocacia direcionada, a fim de levar a cabo ações de prevenção e combate à intolerância e levantamento estatístico dessas ações discriminatórias.

VISÃO

Liberdade Religiosa para Todos

OXDIH promove ações em prol de uma sociedade pacífica para todos, independente da religião, sexo, raça e origem. Acreditamos que os muçulmanos xiitas devem ser reconhecidos pelos países em que residem como um grupo religioso. A discriminação deve ser combatida e trazida à luz sempre e onde quer que ocorra. Deus nos deu toda a liberdade de crença e o direito de viver em paz.

 

MISSÃO

 

NENHUM XIITA ACIMA DA LEI E NENHUM A XIITA ABAIXO DA LEI

OXDIH dedica-se a proteger os direitos dos muçulmanos xiitas no Brasil, defendendo as vítimas do preconceito, apoiando o ativismo como forma de combate à discriminação, garantindo a liberdade política e religiosa. Convocamos o público local e as comunidades para apoiarem a causa dos direitos humanos.

Para alcançar esses fins, o Observatório investiga violações contra as comunidades xiitas, para aumentar a consciência e combater a injustiça. Promovemos a mudança necessária através de pesquisas acadêmicas e publicações, com submissão de relatórios e artigos às esferas governamentais e organizações internacionais. Além disso, o OXDIH monitora continuamente os meios de comunicação para garantir a cobertura das violações dos direitos xiitas.

ORGANIZAÇÃO DO PESSOAL

 

O Observatório Xiita de Direitos Humanos (OXDIH) une esforços colaborativos de ativistas religiosos e etnicamente diversos além de profissionais voluntários que atuam na defesa dos direitos humanos. 

 

Observatório Xiita de Direitos Humanos (OXDIH), atualmente, cadastra membros ativos para que de forma voluntária trabalhem em vários locais em todo o território nacional. As responsabilidades dos membros vão desde a coleta de notícias e informações até a publicação de relatórios e artigos, a fim de defender a mudança.

METODOLOGIA

 

O Observatório Xiita de Direitos Humanos (OXDIH) acredita que a informação é o recurso mais valioso no processo de investigação. A organização se concentrará na coleta de informações através de vários meios:

 

- Entrevistando vítimas , testemunhas e familiares  ;

- Analisando relatórios de várias organizações de defesa dos direitos humanos; 

- Reuniões com organizações não-governamentais e religiosas, líderes e jornalistas;

- Criação de redes de informação em uma ampla gama de setores sociais. 

 

Com base nas informações coletadas das fontes acima, o OXDIH é capaz de identificar diferentes tipos de violações de direitos humanos. Essas violações incluem, mas não se limitam a:

 

  • Violação do direito à vida;

  • Prisão arbitrária;

  • Julgamento injusto e detenção ilegal;

  • Abuso psicológicos;

  • Confisco ilícito de propriedade privada;

  • Demolição de centros religiosos;

  • Discriminação no emprego;

  • Discriminação educacional;

  • Discriminação Midiática;

 

OXDIH COMO UMA FONTE

 

Jornalistas que investigam temas sobre o Brasil se beneficiarão do foco do OXIDH nas comunidades xiitas, uma vez que são membros importantes da sociedade.