Uma Perspectiva sobre tatuagens


As tatuagens são um assunto de muito tabu em muitas culturas muçulmanas em todo o mundo. Elas eram desprezadas no ocidente por muitos anos. Mesmo há 20 anos, a percepção do público sobre as tatuagens eram que apenas de criminosos, bandidos, prisioneiros e punks tinham tatuagens. Mas isso mudou drasticamente no ociente. 14 por cento (45 milhões) das pessoas nos Estados Unidos têm tatuagens, enquanto que 40 por cento dos norte-americanos com idades entre 26-40 têm uma tatuagem. Há 21.000 estúdios de tatuagem nos estados unidos onde 1,6 bilhões de dólares são gastos anualmente.

Embora não existam estatísticas sobre tatuagens nas comunidades muçulmanas, pode-se ver claramente que o número de jovens com tatuagens tem subindo. Muitos jovens estão pedindo estudiosos sobre a permissão para fazer tatuagens e muitos jovens já se tatuaram.

É importante ver o que as autoridades religiosas dissem sobre tatuagens. Alguns criticaram tatuagens afirmando que eles estão mudando o corpo que Deus lhe deu, impedem alguém de realizar wudu ou ghusl corretamente, ou são desrespeitosas e são ações de não-muçulmanos. Aqui está o que os estudiosos dissem:

Quanto permissibilidade:

Sayyid Khamenei, em Leis Práticas do Islã, pergunta 1220, responde a uma pergunta sobre a permissibilidade de tatuagens e diz: "A tatuagem não é haram."

Sayyid Sistani responde a uma pergunta sobre uma mulher tatuar as sobrancelhas e afirma que "a tatuagem lhes é permitida."

Quanto à questão da wudu e ghusl: Sayyid Khamenei, em Leis Práticas do Islã, pergunta 143, responde sobre tatuagens em relação ao wudu. Ele disse: "Se as tatuagens são apenas cores ou que estão sob a pele e não há nada sobre a pele para evitar que a água de alcançá-la, então o wudu e ghusl são válidos." Ele continuou respondendo a pergunta 1220: "A marca dele [ tatuagens] deixada sob a pele não forma uma barreira para a água atingir a pele. Assim, ghusl e wudu, sobre uma tatuagem em qualquer parte do corpo, são válidos. "

Sayyid Sistani tem uma opinião diferente sobre tatuagens e wudu ou ghusl. Ele afirma que "se um versículo do Alcorão Sagrado ou o nome de Deus Todo-Poderoso é escrito ou tatuado no corpo de uma pessoa, então essa pessoa ao fazer wudu ou ghusl, será obrigado a deitar água sobre a parte sem tocar a escrita . "

Tabém é dito que se as tatuagens são consideradas desrespeitosas para com o Islã ou o Ahlul Bayt (a), então elas com certeza devem ser proibidas.

Além disso, mais de 30 por cento das pessoas que fazem tatuagens se arrependem no futuro. Estes números devem ser maior entre as pessoas religiosas. Pensem duas vezes de se tatuar!

Por: Shaykh Hamid Waqar

http://www.14publications.com/articles/islamic-ink-a-perspective-on-tattoos/

#tatugem

0 visualização