Como escolher o homem certo para casar

Atualizado: 5 de Dez de 2019


Como sabemos o pai na casa desempenha importante papel no desenvolvimento e na educação espiritual e psicológica dos filhos, por isso é muito importante escolher um bom esposo para se desenvolver na educação dos membros da casa o profeta disse: “A competência é a modéstia e a capacidade”.

O Islam pôs a religiosidade em primeiro plano.

O Profeta (S.A.A.S.) disse: “Casai com aquele homem cuja ética e religião vos agradar”.

Os Ahlubait nos alertaram sobre as más condutas que alguns homens têm como por exemplo o casamento com um homem que consuma bebidas alcoólicas...etc

O pai desempenha importante papel no desenvolvimento e na educação espiritual e psicológica dos filhos, por isso, na primeira fase o Islam enfatizou a escolha do marido e estipulou alguns critérios:

- a observação da familia;

- o ambiente em que o indivíduo foi criado e suas qualidades, porque ele será o modelo que os filhos seguirão no futuro e suas qualidades e princípios éticos se refltirão neles.

O Profeta (S.A.A.S.) frisou a escolha de um marido competente e o descreveu dizendo: “A competência é a modéstia e a capacidade”. (Livro de Al Kafi)

O Imam Assadeq (A.S.) alertou sobre o casamento com um homem que tenha problemas psicológicos e disse: “Não consintais com o casamento com tais homens, porque as mulheres adotam a moral, a personalidade e a religiosidade dos maridos”. ( Livro de ibid)

O Islam também proibiu o casamento com um homem cuja conduta se desvia do sistema islâmico, a fi de proteger a família e os filhos da perversão comportamental e psicológica.

O Imam Assadeq (A.S.) proibiu o casamento com um fornicador notório. Ele (A.S.) disse: “Não casem com uma mulher que comete fornicação nem dêem uma jovem em casamento a um fornicador, exceto se estiverem cientes de que se arrependeram”. (Makarimul Akh’laq)

Imam Assadeq (A.S.) também alertou contra o casamento com um homem que consuma bebidas alcoólicas. Ele (A.S.) disse: “Aquele que dá sua filha em casamento a um homem que consuma bebida alcoólica, corta os laços de parentesco com ela”. ( Livro de Wasa’il Shi’ah)

A pessoa de caráter pervertido afeta a conduta dos filhos, seja pelo reflexo de sua conduta ou por sua indisposição para educá-los.

Além disso, há o problema que gera na esposa e a instabilidade que atinge o ambiente familiar. Semelhante união afasta a tranqüilidade da vida em família, tranqüilidade necessária para o desenvolvimento da criança. O Profeta (S.A.A.S.) encorajou uma muçulmana chamada Zulfa’i, uma bela mulher pertencente à família de Ariqah, a se casar com Jubair, um muçulmano pobre, que não tinha bens nem beleza, exceto sua religião.1

1: Livro de A Educação da Criança no Islam

#casamento

0 visualização