90% das vítimas de terrorismo são muçulmanos

Um estudo da Fundação Francesa para Inovação Política sobre operações terroristas cometidas por extremistas no mundo desde a invasão do Afeganistão pela União Soviética em 1979 até o final de agosto de 2019, confirmou que 90% das vítimas de terrorismo são muçulmanas.

Segundo o estudo, foram realizados 33.769 ataques terroristas durante o período em questão, nos quais 167.096 pessoas foram mortas e 151.431 feridas. O estudo, que foi preparado no sexto aniversário dos ataques em Paris, mostrou que 89,1% dos ataques terroristas foram cometidos em países muçulmanos e 91,2% das vítimas eram muçulmanos. No nível europeu, o estudo, liderado pelo professor universitário de ciência política Dominique Rainier, disse que 54% das operações terroristas do ISIS perpetradas em países europeus foram cometidas na França.

29 visualizações