Ibrahim Sawada - e o xiismo no Japão

Maulana Ibrahim Sawada, japonês nativo que se converteu ao xiismo nos anos 80, estudou em Qom e retornou a Tóquio para espalhar a mensagem de Ahlul Bayt. Faleceu em 2012 mas seu legado será para sempre lembrando.

Ele também traduziu um dos primeiros Alcorões japoneses. Ele foi responsável por muitos convertidos no Japão.

Em uma mensagem divulgada, 10 de janeiro 2012, o secretário-geral da Assembléia Mundial de Ahl-ul-Bayt (as) Hojat-ol-Islam Abbas Ali Akhtari expressou suas condolências pelo falecimento do estudioso. Na mensagem, Hojat-ol-Islam Akhtari descreveu Savada como um estudioso de grande caráter moral e que passa muitos anos para espalhar os ensinamentos de Ahl-ul-Bayt (as) no Japão.

Ele disse que os preciosos trabalhos escritos pelo falecido Savada, especialmente sua tradução do Alcorão para o japonês, assim como os muitos estudantes que ele treinou, tornarão seu nome memorável na história dos estudiosos islâmicos e xiitas. Ele expressou condolências pelo desaparecimento do estudioso japonês a todos os muçulmanos japoneses, bem como à família enlutada. O filho de Savada, Hojat-ol-Islam, Ebrahim Tatsu Ichi Savada é o diretor do escritório da Assembléia Mundial de Ahl-ul-Bayt (as) em Tóquio e espalha os ensinamentos do Alcorão e Etrat no Japão.

0 visualização