Mensagem do líder Aiatolá  Khamenei sobre o martírio de Sardar Qassim Soleiman

"Em nome de Deus Querida nação do Irã! O grande e honrado comandante do Islã tornou-se celestial. Ontem à noite, as almas imaculadas dos mártires abraçaram a alma pura de Qassem Soleimani. Depois de anos de luta sincera e corajosa contra os demônios e malfeitores do mundo e depois de anos desejando o martírio no caminho de Deus, infelizmente, o querido Soleimani alcançou essa posição elevada e seu sangue puro foi derramado pelo mais vil dos seres humanos .

Parabenizo Hazrat Baqiyatullah - que nossas almas sejam sacrificadas por ele - e pela alma pura de Soleimani nesse grande martírio e exprimo minhas condolências à nação iraniana. Ele foi um exemplo estelar daqueles educados e nutridos no Islã e na escola do Imam Khomeini (RA). Ele passou a vida inteira lutando no caminho de Deus. O martírio foi sua recompensa por anos de esforços implacáveis. Com sua partida e com o poder de Deus, seu trabalho e seu caminho não cessarão e uma vingança severa aguarda aqueles criminosos que mancharam suas mãos sujas com seu sangue e o sangue dos outros mártires do incidente da noite passada. O mártir Soleimani é a face internacional da resistência, e todos os que têm uma conexão sincera com a resistência buscam vingança por seu sangue. Todos os amigos - e também todos os inimigos - devem saber que o caminho da luta e da resistência continua com maior motivação e certa vitória aguarda os lutadores nesse caminho abençoado. A ausência de nosso querido e abnegado comandante é amarga, mas a continuação da resistência e sua vitória final será mais amarga para os assassinos e criminosos. A nação iraniana apreciará o nome e a memória do imenso mártir, tenente-general Qassem Soleimani, junto com seus colegas mártires, especialmente o grande combatente do Islã, o honorável Sr. Abu Mahdi al-Muhandis. Declaro três dias de luto público no país e parabenizo e expresso minhas condolências à sua honorável esposa, queridos filhos e família."

0 visualização